Pontes históricas Turismo

Ponte da Boa Vista – A passarela mais bela do centro.

Continuando a nossa série sobre as pontes históricas do centro, iniciamos pela mais antiga do Brasil, a Ponte Mauricio de Nassau,  seguimos agora para a  Ponte da Boa Vista.

Conhecida popularmente por ponte de ferro, a ponte da Boa Vista faz a ligação entre a rua Nova, no bairro de Santo Antônio à rua da Imperatriz, na Boa Vista, áreas tradicionalmente comerciais e por onde circulam, diariamente, centenas de pessoas e veículos.

A princípio, não era feita de ferro, mas em madeira resistente e guarnecida por parapeitos, e ficava em outro local do rio Capibaribe, tendo sido construída em sete semanas.

Foi construída quase que simultaneamente com a ponte Mauricio de Nassau, sendo mais uma herança do período holandês da história de Pernambuco, chegando mesmo a ser chamada de Ponte Holandesa da Boa Vista.

Em 1815, o engenheiro Antônio Bernardino Pereira do Lago, reconstruiu a ponte, colocando gradis de ferro  trazidos da Ilha de Fernando de Noronha e construiu varandas, onde foram colocados bancos de madeira.

Já em agosto de 1874, passou por outra reconstrução sendo produzida, dessa vez, em ferro batido e trazida pronta diretamente da Inglaterra, com o formato que ela hoje apresenta.

A passarela da moda da sociedade pernambucana de outrora

Uma curiosidade a respeito da Ponte Boa Vista, nas décadas de 1940 e 1950, servia de passarela para as mulheres desfilarem com as versões do vestuário de moda da época, enquanto poderiam ter o momento registrado por fotógrafos, que ofereciam os seus serviços.

Foi  parcialmente destruída em duas enchentes do Rio Capibaribe, em 1965 e 1966, que chegou a abalar-lhe a estrutura e a cobrir-lhe de muito entulho, precisando ser restaurada. O que veio a ocorrer, em 1967.

Destacam-se, em sua arquitetura, as quatro pilastras metálicas, duas em cada extremidade, todas com o brasão imperial no alto. Em todas elas, há datas e descritivo em relevo, com histórias do Brasil e Pernambuco, como “feitoria” de Olinda, em 1535, a invasão dos holandeses (1630); as Batalhas das Tabocas, de Casa Forte (1645) e dos Guararapes (1648-1649); a restauração de Pernambuco (1654); a Guerra dos Mascates (1710); a Revolução de 1817; a Confederação do Equador (1824); a abdicação de Pedro I e início do reinado de Pedro II (1831).

Um cartão postal do Recife.

Um dos mais emblemáticos cartões postais do Recife, em que os turistas e os recifenses ainda costumam tirar fotos agora, utilizando celulares modernos, a Ponte da Boa Vista resgata as memórias de séculos passados num cenário histórico e poético, em pleno centro da cidade.

Gostou de saber? Semana que vem terá mais uma ponte em destaque.

Nos siga nas redes sociais e comente sobre o nosso texto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

FECHADO

ABERTO

FECHADO

ABERTO

Galeria 910 - Avenida Dantas Barreto - São José, Recife - PE, Brasil

Segunda - Sexta: 08:00-18:00h
Sábados: 08:00-14:00h

Artigos Relacionados