Artesanato cultura Equipamentos

De casa de detenção à casa da cultura.

 

Casa da Cultura de Pernambuco. Tudo começou no ano de 1848, quando o governo da província de Pernambuco decidiu construir uma nova cadeia no Recife. O edifício, inaugurado em 1855, foi concebido segundo o modelo de penitenciária mais moderno da época, existente na França. E apresenta o formato de cruz, composto por quatro raios correspondentes aos pontos cardeais (Norte, Sul, Leste e Oeste), todos com três pavimentos que confluem para um saguão central, coberto por uma cúpula metálica, o Mirante.

Naquela época, os presos realizavam diversos trabalhos sociais de reintegração. Conta-se que o melhor pão era o produzido pelos detentos na panificadora do presídio. Ainda eram fabricados pelos mesmos pentes de chifre e jogos de botão conhecidos por sua boa qualidade. O primeiro estandarte do Vassourinhas, agremiação carnavalesca fundada em 1889, foi bordado pelos detentos, que também formavam times de futebol e possuíam uma biblioteca à sua disposição.

Partiu de Francisco Brennand, então Chefe da Casa Civil, no ano de 1963, a ideia de converter o presídio em um espaço para expor  a produção cultural do Estado. O que só foi posto em prática, após a Casa de Detenção passar por uma crise de superpopulação carcerária.

Esse excesso de detentos_ formado por presos comuns sentenciados e escravizados_ e a noção de não ser mais seguro mantê-los em um presídio, no centro da cidade, fizeram com que em 1973, o Governo do Estado de Pernambuco decidisse por fechar a Casa de Detenção do Recife e transferir a maioria dos detentos para a Penitenciária Agrícola de Itamaracá.

Assim, três anos depois do fechamento da Casa de Detenção, após a edificação passar por um processo de restauração e aparelhamento a cargo da Fundarpe, é inaugurada a Casa da Cultura em 14 de abril de 1976, passando a se chamar Casa da Detenção Luiz Gonzaga.

A Casa da Cultura é o maior centro de cultura de arte pernambucana, sendo o prédio tombado pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE). E abriga desde peças variadas do artesanato produzido em mais de 149 municípios do Estado, do litoral ao sertão, até o bolo de rolo, propriedade imaterial do Estado.

Além da única livraria especializada em livros da história de Pernambuco e de autores pernambucanos, cybercafé, sala de pesquisa e cursos diversos, Teatro, Concha Acústica e Anfiteatro externo, e o Museu do Frevo. Várias entidades culturais têm suas sedes instaladas na casa, tais como o Balé Popular do Recife, a Associação dos Lojistas da Casa da Cultura, a Federação de Teatro de Pernambuco, a Associação de Capoeira, só para citar algumas.

As antigas celas_ onde outrora ficaram reclusas personalidades como o escritor Graciliano Ramos _foram transformadas em 150 lojas de artesanato, livrarias e lanchonetes. Apenas uma, no raio leste, foi mantida original, como deixada pelos presos.

O pátio externo, além de área reservada para shows e manifestações populares e folclóricas, possui uma praça de alimentação a qual oferece as iguarias típicas da região.  A Casa de Cultura também promove o projeto Casa da Cultura em Movimento, para divulgação da cultura popular, com apresentações de blocos de carnaval, coco de roda, cavalo-marinho e maracatu, oferecendo vivências socioculturais para crianças e adolescentes, com visitas guiadas pelo local. E as atividades desenvolvidas contam com recursos de acessibilidade, por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libra), visando garantir o acesso de pessoas surdas ou ensurdecidas à programação lúdica.

Sendo uma visita obrigatória para os turistas de todo o mundo e para todos aqueles que se interessam em conhecer e interagir com a cultura local, sem dúvida, a Casa da Cultura tem uma importante representatividade para a preservação da história e do patrimônio cultural de Pernambuco, gerando emprego e renda para a região, e fomentando o crescimento turístico do Estado.

Endereço: Rua Cais da Detenção, s/n , São José, 50020-060, Recife, PE

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Atacado

ABERTO

ABERTO

FECHADO

Varejo

ABERTO

Avenida Dantas Barreto, 793 - São José, Recife - PE, Brasil

Segunda - Sexta: 09:00-17:30h
Sábados: 09:00-15:00h

Artigos Relacionados